EDUCAÇÃO FINANCEIRA

” Uma questão comportamental “

QUAIS AS CRENÇAS QUE VOCÊ TEM SOBRE DINHEIRO?

QUANTO ACHA QUE MERECE?

O QUE VOCÊ PENSA SOBRE DINHEIRO?

E PARA QUE SERVE?

Mais importante do que aquilo que você obtém quando

atinge um objetivo é aquilo em que você se torna.

Há algum tempo venho dedicando parte do meu tempo em processos de autoconhecimento no intuito de buscar respostas aos padrões do meu comportamento. Não são processos simples nem tampouco suaves, mas de alguma forma me impelem a continuar caminhando.

Quando decidi fazer este blog durante um processo terapêutico , acreditava que os temas a serem abordados seriam simples demais e de fácil conhecimento. Foi um grande erro de julgamento de minha parte pois, pensando desta forma acabei rotulando não só as pessoas mas também meu próprio conhecimento.

Naquela ocasião, não me dei conta das possibilidades de poder contribuir para o Todo e, de certa forma, receber em troca por isso.

O resto da história está aqui:

Visualizações no Blog

Seguidores no Facebook

Postagens visualizadas no Facebook

Pessoas atendidas

e muita satisfação em ter continuado com este trabalho.

Mas o ponto importante que me leva diretamente a esta post é,  estar consciente das possibilidades que estão a nossa frente. Quando temos um desafio, somos levados a olhar rapidamente para encontrar um ponto de equilíbrio para aquela situação. Nunca pensamos em todas as possibilidades abertas a frente, só queremos resolver rapidamente.

Assim como tudo na vida, quando falamos em gerir o próprio orçamento familiar, nos deparamos com questões bem variadas, do tipo: São sempre as mesmas contas, o que tenho que fazer é gastar menos, para que controlar se o dinheiro é tão pouco, não preciso anotar porque pego tudo no extrato do banco, controlar minha mulher e meus filhos vai gerar uma dor de cabeça!, etc…..

Enfim, são várias as questões que nos impedem de sair do comodismo analfabético das finanças pessoais.

Então convido você para que olhe novamente para a conversa sobre dinheiro que vem mantendo em sua vida.

Para iniciar, reflita nestas três perguntas sobre dinheiro:

1) O que você tem feito com relação ao dinheiro?

Ações ou não ações com o dinheiro

2) O que você já tem?

Resultado das ações ou não ações na área dinheiro

3) Quem você tem sido?

Experiência de você mesmo na área dinheiro

Quer saber mais sobre esta conversa, fale com a gente.

Estamos prontos para apoiá-lo!

Pin It on Pinterest

Share This