Voce já pensou no que faz a gente evoluir?

Alguns dizem que é o poder, outros dizem que são as teorias da evolução das espécies e outros, simplesmente o fato de existir. Mas na verdade, o que nos tira da inércia mesmo, é a nossa própria vontade de mudar, de buscar o novo, a vontade que nos coloca cara a cara com a nossa realidade.

Fernando Pessoa escreveu: “ Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos, do nosso potencial máximo.” Provavelmente os textos e informações que coloco neste blog, podem influenciar algumas pessoas a refletirem sobre o conceito material do dinheiro. Na verdade, o que eu acredito é na capacidade que todos temos de materializar nossos desejos, vontades e pensamentos, em nossa realidade. Mas não há receita pronta, apenas pequenas pistas que nos fazem refletir, porque somos únicos.

Talvez, pensando mais profundamente, acredito que precisamos ser mais autores do que telespectadores da nossa vida. Olhar e ir mais longe, por outro lado, por outros ângulos. Outras perspectivas. Pensar no que temos agora e no que poderemos ter e transformar. Resgatar o que nos motivou a chegar até aqui, o nosso passado, nossas origens, amores, paixões, dores, alegrias. Reconstruir nossa estrutura e nossa base…É preciso ser realista para descobrir a nossa realidade. E depois ter atitude para mudar. Aliás, atitude é uma pequena coisa que faz uma grande diferença.

Untitled

“Seus pensamentos, sentimentos e quadros mentais podem ser chamados eventos externos em gestação, pois de uma forma ou de outra, cada um deles se materializa na realidade física.”
(A natureza da realidade pessoal -Seth- por Jane Roberts)

E assim, nós escolhemos para estar aqui, para ter uma vida melhor, aptos a mudar a nossa realidade, a buscar o novo, aptos a evoluir intelectualmente, espiritualmente e financeiramente. Romper com as crenças estáticas sobre o dinheiro que pairam sobre nós desde de criança. Quanto você acha que merece ter? Dinheiro traz a felicidade? Quais os acontecimentos que responderão a nossa condição material?

Vivemos no tempo que pensar de forma coletiva e sistemica, é a saída para encontrar o equilíbrio das relações pessoais e materiais. Pensar no que é importante para você, pode e será importante para todos. Então merecemos ambicionar e querer ter sempre o melhor, para nós e para todos.

Todas estas opções, nos levam a experimentar diferenciar o Essencial do Supérfluo e a Estabelecer e Respeitar nossos limites e direitos. Somente assim, buscando ampliar nosso padrão de conscência sobre nossas diretrizes pessoais, modificando nossos hábitos, não sucumbindo aos milhares de impulsos que recebemos, seremos capazes de encontrar o equilíbrio em nossas ações e quebrar padrões pré-estabelecidos. Isto, sem dúvida, reverberá em nossa Vida financeira.


powered by Flavio Siqueira

Sobre cuidandodoseudinheiro

Trabalho no mercado financeiro há mais de 25 anos, atuando em diversos segmentos de atendimento a investidores. Formado em Administração de Empresas e Gestão Empresarial, possuo experiência na elaboração de alternativas de investimento. Meu objetivo neste blog é prover ao leitor técnicas para o gerenciamento e planejamento do orçamento familiar.

Comments

  1. Fá querido! Lindo texto… Parabéns principalmente pela AÇÃO em escrevê-lo. Ao lê-lo me lembrei de um trecho de Vera Tanka: “O Poder de ser quem se é está dentro de cada um de nós. Quando essa Força é despertada de forma adequada dentro de uma Cerimônia conduzida por alguém que possui essa Medicina, o acordar é a conseqüência natural. O passo seguinte é o comprometimento da própria pessoa com esse despertar. O que quero ser quando crescer? E o crescimento se dá diariamente”.

    É Fábio, O QUE QUERO SER QUANDO CRESCER é uma boa pergunta, principalmente para pensar sobre o que é SER e quando necessariamente é o CRESCER!

    Beijoca carinhosa de um SER que neste momento do CRESCER escolhe imigrar como uma gaivota cruzando os oceanos pelo simples, porém não diminuto, prazer de voar…

    Curtir

  2. carllota says:

    More Please !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: